UMBANDA


A minha fé na umbanda é um caminho que leva até uma grande luz, que é a luz do Pai, é caridade, é amor. É acreditar que as pessoas conseguem viver melhor do que viver à solta, sem ter uma religião e a umbanda traz tudo o que é espiritual, ela fala de tudo o que é do Divino Espírito Santo.
- Pai Nenê - presidente do Templo de Umbanda Pai Joaquim das Almas

A Umbanda provém de uma ação dupla: de um lado apropria-se de elementos já existentes de ritos e valores que constituiam o candomblé outros cultos afro-descendentes e até o catolicismo; de outro lado, passa por um processo de reinterpretação religiosa dentro da lógica do kardecismo. Se o candomblé procura reconstituir nos terreiros pedaços da Á́frica no Brasil, a umbanda procura, pela ação da classe média branca e outros segmentos mais baixos da população, refazer o Brasil por meio da sua capacidade sincrética.

Absorvem-se e preservam-se, então, elementos de outras crenças, como santos do catolicismo, características do kardecismo como a concepção de evolução espiritual e conversa com espíritos, além de danças, instrumentos e rituais semelhantes às formas populares de culto africano. Assim forma-se a um-banda, reunindo em si elementos de todas – e ao mesmo tempo para todas – as “bandas”.

Esta condensação dos rituais representa, além da busca por uma religião genuinamente brasileira, uma tentativa de estruturação de suas práticas, institucionalizando-se e reinvindicando um espaço social legítimo e próprio, ao lado das outras religiões. O seguinte passo foi a criação, por volta de 1940, de federações, visando organização de eventos de divulgação, patrocínio de cerimônias religiosas, regulamentação sobre as práticas rituais e doutrinárias e assistência jurídica aos seus filiados contra as diferentes formas de perseguição.

A Umbanda procura o desenvolvimento espiritual dos médiuns e das entidades com as quais trabalha – pretos velhos, caboclos, ciganos, etc. Para isso, uma das principais características da umbanda é a comunicação entre a esfera do sobrenatural e o mundo dos homens, por meio da incorporação das entidades espirituais num corpo de iniciados, chamados de cavalos. É através desta comunicação que esses espíritos ascendem em seu processo evolutivo em busca da perfeição, prestando, por meio dos médiuns, atendimento direto aos que acorrem às sessões em busca de conselhos, passes, receitas ou outras formas de auxílio.

 


MHK

 


Candomblé

 


Xamanismo

 


Bruxaria

 


Santo Daime